Dicas para revender semijoias sem comprometer o estoque

Arriscar-se no ramo de revenda de joias e semijoias não é uma tarefa fácil, mas com planejamento e comprometimento pode ser um negócio ótimo e lucrativo. Muitas pessoas têm medo de começar um negócio por pensarem que podem encalhar o estoque, por não saberem como vender ou, ainda, por não conhecerem direito o público com quem estão trabalhando e, com isso, saírem no prejuízo ao invés de ganharem dinheiro.

As semijoias são ótimas para revender porque toda mulher gosta de estar bonita e bem produzida. No entanto, neste ramo de negócios, também é preciso saber como realizar as vendas, agradar os clientes e não deixar nenhuma semijoia acumular em seu estoque.

Por isso, separamos algumas dicas que podem ser bastante úteis para ajudar aqueles que querem revender semijoias sem comprometer o estoque.

1. Organização e controle do estoque de semijoias

A primeira dica é referente à organização do estoque de semijoias. É preciso ter um controle das peças que você possui para revender, saber o que foi vendido e o que ainda está lá. Ter uma planilha sempre atualizada é uma boa solução para este problema, pois lá estarão todas as informações sobre quais joias e semijoias são vendidas com maior facilidade e quais são aquelas que o público não gosta tanto.

2. Aposte em promoções e vendas combinadas

Caso você perceba que algum produto está “encalhado”, poderá apostar em vendas combinadas, fazendo com que duas semjoias, por exemplo, saiam do estoque. Aliado a isto, existem as promoções, em que o resultado pode ser bom tanto para o negócio quanto para os clientes.

Para esta estratégia é preciso anunciar as joias e oferecer bons descontos para atrair os consumidores. No entanto, é preciso analisar a promoção e saber se os preços serão favoráveis ao seu caixa e se você não sairá no prejuízo.

3. Realize sorteios das semijoias

Organizar sorteios também é uma ótima opção para tirar aquelas semijoias que estão paradas no seu estoque. Para isso, faça a divulgação, descreva o produto (ou os produtos), que será sorteado, e faça com que as pessoas que se interessem pelo sorteio de semijoias também o divulguem para os amigos.

Um sorteio nas redes sociais é uma boa ideia, tanto para desencalhar os produtos quanto para atrair mais consumidores. ▶ Saiba como vender mais semijoias utilizando as redes sociais.

5. Analise suas semijoias e atraia mais clientes

E para atrair clientes é preciso chamar a atenção. Por isso, se o seu ponto de vendas for a internet, mantenha a loja virtual sempre atualizada e com boas fotografias das joias e semijoias em oferta. Faça uma boa descrição dos produtos que está oferecendo e dê ao seu cliente as informações que ele precisa para se interessar e querer comprar as semijoias.

6. Conheça o seu consumidor

Neste e em qualquer ramo de venda, é fundamental conhecer bem o perfil e o comportamento do seu consumidor. É preciso saber o que o seu cliente deseja, o que ele mais gosta, quais são seus gostos e o que ele quer comprar. É o consumidor de joias e semijoias que fará o seu negócio crescer ou acabar, por isso, é preciso fazer com que ele fique sempre satisfeito com seu atendimento e suas semijoias para revenda.

7. Fomente o consumo de semijoias

E as semijoias que estão encalhadas no estoque também podem se tornar objeto de desejo das clientes, basta que você as conheça e perceba o quanto os produtos podem ser importantes para elas. Trabalhar o emocional do cliente e incentivar o desejo pelas compras, é tão importante quanto controlar o seu estoque para revender semijoias.

Gostou das dicas para revender semijoias?

Entre em contato e revenda joias e semijoias em parceria com a Adelaide Lacerda.
Tenha em seu estoque peças de altíssima qualidade e uma enorme variedade para oferecer aos seus clientes.
Ligue para ☎(21) 3328-2930 ou 📱 (21) 99649-9609.