Trabalha, mas quer aumentar o dinheiro no final do mês ? Saiba como conciliar seu emprego fixo com a revenda de semi-joias!

Estamos a poucos dias do Natal e nem juntando salário com décimo terceiro você vai dar conta de tudo o que pretende quitar, mais os presentes, a matrícula na escola, IPVA, IPTU e tudo que tem para pagar entre dezembro e janeiro?

Então é um ótimo momento para aproveitar a data e começar a revender joias e semijoias. São opções de presentes que agradam quem vende e quem compra.

O melhor é que é possível começar vendendo por consignação. A empresa lhe fornece as peças, sem custo. Após as vendas e descontado o lucro, é realizado o pagamento.

É importante lembrar que semijoias são aquelas peças, como brincos, colares, anéis que recebem um banho de ouro ou prata que são metais nobres. Já as joias são fabricadas a partir de designers exclusivos e feitas destes metais, por isso custam mais caro.

O fato é que homens também estão valorizando cada vez mais estarem bem vestidos e usando bons acessórios, sejam relógios, pulseiras ou colares.

Com as inúmeras opções, de peças mais baratas até as mais caras, tendo um amplo mercado para explorar, vender torna-se uma tarefa simples até para quem não tem experiência.

Para o público feminino nem é preciso comentar. Mulheres têm criatividade para colocarem acessórios seja no dia a dia como em ocasiões especiais.

Por estes motivos com um pouco de gestão de tempo dá para otimizar os ganhos extras neste e nos próximos meses do ano.
Para isso, o ideal é começar a olhar com cuidado para as agendas em busca de contatos. Os primeiros clientes, normalmente, são pessoas do convívio, das mais próximas aos amigos de amigos e colegas de trabalho.

Com um bom mostruário em mãos e cumprida a missão de entender um pouco sobre cada produto, o resto é ter bom senso na recomendação dos produtos e sair vendendo.

Claro, sempre levando em consideração o melhor momento que certamente não será interrompendo a reunião da equipe no final do mês. Nas empresas sempre tem como bater um papo de 5 minutos na pausa do cafezinho.

Basta uma venda para a colega contar para a do outro departamento e daí tornar-se uma referência no assunto joias está a um passo.

Outro ponto fundamental, além do conhecimento das peças e a discrição para oferecer no melhor momento é ter facilidade no pagamento. Com os primeiros ganhos já dá para começar a planejar a compra de maquininhas que aceitam cartão.

São facilidades que agradam bastante e fazem a diferença nas vendas.

Ser o próprio mostruário também costuma funcionar. Afinal confiar no que se vende significa realmente “vestir a camisa”, ser o exemplo, e nada melhor do que usar as peças para incentivar as vendas.

Com o tempo e aumento na experiência, novas ideias irão surgir para turbinar os ganhos extras. Aproveitar os finais de semana para convidar amigos e familiares para conhecerem as joias e semijoias em casa é muito bom para garantir uma tarde divertida de bate papo e a satisfação de vê-los indo embora com presentes que irão contribuir bastante com seu orçamento.

Revenda